POLOIGUASSU presente no Seminário Internacional de Turismo de Fronteira

Escrito por Débora Black.

O Instituto foi o parceiro responsável em coordenar o encontro dos estudantes no evento

Cerca de 300 pessoas entre empresários, professores, estudantes, autoridades e formadores de opinião participaram do VII Seminário Internacional de Turismo de Fronteiras realizado durante os dias 13 e 15 de setembro em Asunción, no Paraguai. O evento é uma criação do Ministério do Turismo e conta com o apoio de algumas instituições.
Neste ano o Instituto Polo Internacional Iguassu foi responsável, em conjunto com a Universidade Franciscana de Santa Maria (Unifra), pela coordenação do II Encontro de Estudantes de Turismo e Hotelaria do FRONTUR.
 
Estiveram presentes no evento a Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) e a Universidade Federal do Paraná (UFPR) representando o Brasil. Do lado paraguaio, as Universidades Columbia, Nacional Del Este e a Escola Educart contribuíram na discussão de temas relacionados ao turismo de fronteira.

Copa de 2014 mobiliza instituições do Paraná

Escrito por Débora Black.

POLOIGUASSU é o proponente do projeto que visa à prevenção a exploração sexual infantil

Durante os últimos meses, o Instituto Polo Internacional Iguassu e outras seis instituições do Paraná, trabalharam no desenvolvimento de um plano de ação em Prevenção à Exploração Sexual Comercial de Crianças e Adolescentes no Estado durante a Copa do Mundo de 2014.
 
O documento foi entregue na tarde de ontem (dia 29) ao Ministério do Turismo e tem como finalidade realizar a sensibilização sobre o fenômeno da exploração sexual comercial de crianças e adolescentes (ESCCA) no turismo das regiões Cataratas do Iguaçu & Caminhos ao Lago de Itaipu, Curitiba e Região Metropolitana e Litoral Paranaense. “A equipe está comprometida, e independente da resposta iremos realizar as atividades buscando outros parceiros no estado”, frisa a multiplicadora Silvana Gomes, representante do POLOIGUASSU no Paraná.
 

O Instituto Polo Internacional Iguassu – proponente do Projeto junto ao Ministério do Turismo –, conta com o apoio da Paraná Turismo, Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas, Secretaria de Estado do Turismo do Paraná, Secretaria de Estado da Educação do Paraná, Instituto Municipal de Turismo de Curitiba e Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba. Instituições que também foram capacitadas para serem multiplicadores nas ações de enfrentamento a ESCCA.
 
Trabalho Nacional - Os organizadores pretendem formar 390 agentes multiplicadores dos setores público e privado por meio de 13 oficinas nas 12 cidades escolhidas pela Fifa e mais a capital da Paraíba, João Pessoa. 
 
É imprescindível lembrar que durante a realização da Copa do Mundo, a expectativa é de que o Brasil receba  em um mês 500 mil turistas. Isto corresponde a 10% do total que o país recebe em um ano inteiro.
 
Além da formação dos agentes, será lançada no final deste ano uma campanha publicitária nacional de prevenção da exploração sexual de crianças e adolescentes nos destinos sede da Copa.
 
 
Assessoria de Comunicação Polo Internacional Iguassu
CS – 11.10 / 30.09.10
Jornalista Responsável: Débora Black – Pauta Comunicação

POLOIGUASSU empossa nova presidente-executiva

Escrito por Débora Black.

Fernanda Fedrigo, coordenadora de projetos do Instituto Polo Internacional Iguassu durante quatro anos, foi empossada como a nova presidente-executiva do POLOIGUASSU a partir do dia 1º de janeiro de 2011.

 
A escolha foi designada em assembleia geral por unanimidade pelos membros do Conselho de Governo do instituto. A troca de cargo ocorreu após a indicação do Sr.Faisal Saleh, como Secretário de Turismo do Paraná, para o governo de Beto Richa.
Para Fernanda o POLOIGUASSU continuará se fortalecendo como instituição focada no desenvolvimento da região trinacional, com uma atuação técnica e alinhada a gestão integrada do Destino Iguaçu. Os próximos desafios do instituto previstos para sua gestão que vai até 2014 é de consolidar o Centro Internacional de Inteligência em Turismo, transformando o POLOIGUASSU num dos primeiros institutos de ciência e tecnologia em turismo do Brasil.

POLOIGUASSU marca presença em Missão Brasileira da União Européia e na Organização Mundial de Turismo (OMT)

Escrito por Débora Black.

Faisal Saleh apresentou ideias e propostas para a melhoria do turismo da região trinacional

 
Por meio da parceria estratégica e apoio da Fundação Parque Tecnológico de Itaipu, o presidente-executivo do Instituto Polo Internacional Iguassu, Faisal Saleh, participou da Missão Brasileira em Bruxelas (Bélgica) nos dias 06 e 07 de dezembro. A finalidade foi levar a proposta de inserção do tema turismo no 7º Programa Quadro de Cooperação da União Européia, além de discutir idéias para a criação do Centro Internacional de Inteligência do Turismo, como meio de apoiar o desenvolvimento do turismo na região trinacional do Iguassu a partir de 2011.
 
O convite para a participação no IV Encontro do Comitê Diretivo de Cooperação Científica e Técnica Brasil-União Européia (IV CDC) partiu do Itamaraty. Durante o encontro foram definidos os programas e projetos, no âmbito do VII Programa-Quadro para Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico da UE (FP-7).
 
O presidente do POLOIGUASSU já havia também agendado para os dias 08 e 09, uma visita à Organização Mundial de Turismo (OMT), onde foi recebido pelo Secretario Geral Sr.Taleb Rifai, pelo Diretor da Comissão das Américas Carlos Vogeler, pelo Diretor dos Membros Afiliados Sr.Javier Blanco, pelo Secretário Executivo do UNWTO Sr. Eduardo Fayos-Solà, coordenador da Knowledge Network — Rede de Conhecimento da OMT a ser lançado em 2011 — e também por Alejandro Varella, Diretor Adjunto do Programa Regional das Américas e pelo consultor brasileiro da OMT, Rodrigo Godinho.