POLOIGUASSU realiza oficina de Turismo Sustentável e de Base Comunitária

Escrito por Débora Black.

Ação é uma das etapas do projeto de Fortalecimento do Turismo Sustentável, convênio firmado entre o Instituto e o Ministério de Turismo

 
Uma das fortes tendências no Turismo é a mudança no perfil dos turistas enquanto consumidores. Mais atentos, passam a exigir produtos e serviços de consumo consciente e experiências que vão além da contemplação de paisagens.
 
O Ministério do Turismo com vista a essa tendência vem investindo em projetos de Turismo Sustentável e de Base Comunitária. Em nossa região, a partir da realização da I Mostra de Turismo Sustentável foi possível apresentar iniciativas desses segmentos, o que estimulou a realização do Projeto de Fortalecimento do Turismo Sustentável e de Base Comunitária, convênio firmado entre o Instituto Polo Internacional Iguassu e Ministério do Turismo que visa a inserção de produtos e serviços no mercado, valorizando assim, iniciativas regionais com foco na sustentabilidade e no turismo de base local.
Com o objetivo de constituir uma rede de Turismo Sustentável, o POLOIGUASSU convidou instituições que apresentam iniciativas nesses segmentos sob o propósito de aproximá-las como parceiras do projeto e valorizar suas ações de fomento na região, a saber: Itaipu Binacional, Agência de Desenvolvimento Regional do Extremo Oeste do Paraná (ADEOP), Emater, ICMBio, Parque Nacional do Iguaçu, Sebrae, Fundação Parque Tecnológico Itaipu, Programa Ñandeva, Universidade Federal do Paraná, INDIOS, Secretaria Municipal de Turismo, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Secretaria Estadual de Turismo e Universidade do Oeste do Paraná.
 
A oficina, realizada no dia 24 de fevereiro no Refúgio Biológico contou com a participação e envolvimento das instituições. A partir de uma metodologia participativa pautada na construção coletiva a oficina teve como propósito a validação dos critérios, sugeridos pelo Mtur como referência de empreendimentos de Turismo Sustentável e de Base Comunitária, pelas instituições parceiras e o levantamento das iniciativas na região.
 
Cada instituição identificou suas iniciativas. O resultado foi produtivo visto que foram apresentadas indicações para roteiros turísticos, artesanato e outras iniciativas de fomento a cadeia produtiva do Turismo, nas áreas de alimentos e bebidas, como associações e cooperativas.
 
As iniciativas identificadas serão apresentadas durante o Festival de Turismo das Cataratas, no espaço da II Mostra de Turismo Sustentável. A proposta do projeto também passa nas suas próximas etapas pela pesquisa com as iniciativas, sensibilização dos empresários locais, de forma a incentivar o consumo de produtos com práticas e técnicas ambientalmente sustentáveis.na região, valorizar o artesanato local e oportunizar ao turista uma experiência diferenciada por meio do turismo de base comunitária.
 
Mais informações sobre o projeto podem ser consultadas no site do POLOIGUASSU — www.poloiguassu.org —, pelo telefone (45) 3576-7112 ou no email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..