INSCRIÇÕES PARA O TRILHA JOVEM ATRAEM 300 IGUAÇUENSES

Escrito por POLOIGUASSU.

“Palestra de apresentação do projeto que capacita jovens ao mercado de trabalho abriu o processo seletivo para 100 vagas que para muitos será a primeira oportunidade de uma capacitação profissional”

No último sábado (25), no Hotel Golden Tulip Internacional, aconteceu a palestra de esclarecimento do Projeto Trilha Jovem, que tem como objetivo a inserção do mercado de trabalho de jovens que se encontram em vulnerabilidade social de 16 a 24 anos.

Cerca de 300 jovens marcaram presença no encontro de apresentação para disputar 100 vagas para o curso de preparação que tem duração de aproximadamente 4 meses.

Para os adolescentes que estiveram presentes o Trilha Jovem Iguassu será uma ótima chance para chegar mais qualificado ao mercado de trabalho, "minha expectativa é grande, é uma oportunidade única. Gostaria muito de me especializar na área de alimentos e bebidas", comenta o estudante Pedro Teixeira, do Colégio Almirante Tamandaré.

"No início da apresentação até a realização do curso o jovem aparece de um jeito e depois sai de forma completamente diferente", conta Patrícia Menezes Dutra Coordenadora Geral do Projeto Trilha Jovem, que essa mudança positiva é prova de que os objetivos são alcançados.

A Coordenadora Pedagógica do Projeto Cristhiany da Silva Andrade, explica que além das aulas em sala, também existem atividades diferenciadas e o a vivência profissional, "as aulas ministradas são apenas uma parte, além disso, nos fins de semana os alunos realizam visitas técnicas nos principais pontos turísticos e hotéis da cidade com a finalidade de entender melhor como é o trabalho e atendimento ao turista. Eles também tem a oportunidade de exercer a vivência profissional em empresas parceiras onde será avaliado e depois possivelmente selecionado ao mercado de trabalho".

"Além desse curso, também quero no futuro quero fazer um curso de ensino superior na área de turismo, pois me identifiquei muito. É uma oportunidade incrível", comenta José Ferreira Neto de 16 anos é de uma das turmas que participa do Trilha Jovem. Já para Kenya Daltoé, de 17 anos, estar inserida no projeto era algo que ela não esperava e espera se qualificar na área de atendimento, "eu realmente não esperava, fiz a inscrição porque vi no colégio e fui passando as etapas. Posso dizer que é a melhor coisa que fiz. No futuro planejo continuar crescendo cada vez mais profissionalmente, não quero parar de estudar".

A primeira etapa é a pré-seleção de candidatos através da ficha de inscrição. Depois é realizada dinâmica de testes e por último a entrevista individual, que vai selecionar aqueles que estarão inseridos no Projeto Trilha Jovem.

O Trilha Jovem formará 120 jovens este ano

Já existe uma turma formada que realiza aulas no Polo Tecnológico de Itaipu - PTI, no contraturno escolar com 4 horas de aulas com uma metodologia diferenciada, que ensina de forma dinâmica, com aulas em laboratório e áreas de Alimentos e Bebidas, Meios de Hospedagem e Viagem e Atendimento ao Turista. Os alunos também tem o direito de duas passagens para ônibus e um lanche gratuitamente.