Destino Iguaçu contará com Núcleo de Projetos e Captação de Recursos

Escrito por Imprensa POLOIGUASSU.

Criação do Núcleo de Projetos e Captação de Recursos do POLOIGUASSU visa
potencializar a captação de recursos: Foz do Iguaçu, destino indutor

Novidade vai possibilitar o desenvolvimento turístico e potencializar a captação de recursos

 
Há pouco mais de um mês, o Instituto Polo Internacional Iguassu com apoio do Fundo
Iguaçu está envolvido com a criação do Núcleo de Projetos e Captação de Recursos,
uma novidade que chega para fomentar o desenvolvimento turístico do Destino Iguaçu.
No momento, a equipe coordenada por Davi Bimbatti está identificando os pontos fortes
e fracos do destino, bem como estabelecendo objetivos estratégicos, além da definição
e priorização das ações do triênio 2011/2014. De acordo com a presidente executiva
do POLOIGUASSU, Fernanda Fedrigo, que está acompanhando de perto a evolução
dos trabalhos, um dos objetivos do núcleo é promover a integração com instituições do
Destino Iguaçu para que hajam iniciativas compartilhadas na elaboração de projetos e
captação de recursos.
 
“É o início de um novo ciclo onde iremos potencializar as ações
e juntos com as demais instituições do setor, seguirmos em busca de recursos”, avaliou
Fernanda ao destacar que antes disso, “é importante que o destino saiba exatamente o
que quer”.
 
De acordo com a análise feita por Bimbatti, Foz do Iguaçu é destaque no cenário
nacional do turismo e mesmo diante de um cenário positivo, o destino tem apresentado
baixa capacidade de captação de recursos na área. Dados apontam que nos últimos cinco
anos, o repasse de recursos do Ministério do Turismo (Mtur) para Foz foi de pouco mais
de R$ 6 milhões, valor inexpressivo se comparado a outros destinos onde a atividade
turística tem menor peso no cenário nacional.
 
A captação de recursos de Foz do Iguaçu
em relação ao Paraná também é inexpressiva; dos R$ 196.789.801,23 arrecadados
pelo estado junto ao Mtur, o repasse para o destino foi de cerca de 5%, menor que o
arrecadado pela cidade de Londrina.
 
“Estamos focados em um desafio inovador proposto pelo POLOIGUASSU que, sem
dúvida, irá garantir a implantação de projetos técnicos e a aproximação com importantes
parceiros”, pontuou.

Um dos objetivos do novo projeto é o desenvolvimento turístico do Destino Iguaçu